Festival do Folclore - Olímpia-SP
Advinhas - Folclore - Portal Oficial do Festival do Folclore de Olímpia-SP
 
Nas adivinhações ou adivinhas, que são rápidas questões propostas para serem resolvidas, onde geralmente a lógica não está presente, a mão, que é o objeto de análise deste trabalho, marca presença, quer no enunciado, quer na resposta, quando não em ambos. Eis dezenas de exemplos inventariados, em sua quase totalidade no folclore olimpiense. Entretanto as de números 2, 3, 4, 7, 13, 17, 20, 31, 33, 35, 38 e 40 foram registradas em Votuporanga, SP:

1- Qual é a mão que pesa mais?
-Mão-de-ferro.

2- Qual é a mão que mais bate?
-Mão de pilão.

3- Que mão tem chifres?
-Mão-curta (espécie de veado).

4- Qual a mão que mais se fecha?
-Mão de finado ou mão de leitão (sinônimos de pessoas sovinas).

5- Quando Colombo descobriu a América, o que enxergou na mão direita?
-Os dedos.

6- Quando apaixonada, adolescente encontra o namorado, o que pretende dar?
-Sua mão.

7- Qual a diferença entre a noiva e o papagaio?
-A noiva pede-se a mão e ao papagaio, o pé.

8- Altas torres, lindas janelas, abrem e fecham sem pôr as mãos nelas.
-Olhos.

9- Qual a mão que faz mal com suavidade?
-A do ladrão.

10- Qual é a mão que não tem dedos?
- A mão de pilão.

11- Qual é o animal que sem a mão vira tempero?
-Salmão.

12- Qual a fruta que sem a primeira sílaba se torna parte do braço?
-Mamão.

13- Que é que tem pescoço e não tem cabeça, tem braços e não tem mãos e embora tenha peito, falta-lhe o coração.
-Camisa.

14-O que é que tem a mão separada do corpo?
-O pilão.

15-O que está sempre no chão e fica em cima da mão?
-Til (acento).

16-O que é que abre portões sem ter braços nem mãos?
-O vento.

17-O que é que enche a casa, mas não enche a mão?
-O botão.

18- Por que o guarda de trânsito pode ser considerado muito forte?
-Porque faz os carros andarem a um gesto de mão.

19- Qual o carro que todos sabem guiar?
-Carrinho de mão.

20- Qual a cidade do Estado do Paraná que está em nossas mãos?
-Palmas.

21-O que é que tem pés e não anda, mãos e não trabalha, olhos e não vê, orelhas e não ouve, tem boca, mas não fala?
-Uma estátua.

22 - Quem mordeu a mão do eleitor na hora de votar?
-A boca de urna.

23-O que é que de uma palma saem cinco palmitos?
-Mãos e dedos.

24- Quem tem palma sem ter palmeira?
- Mão.

25- Que é que pula, pula, com a mão na cintura?
-Pilão.

26-O que é que para comer põe a mão nos olhos?
-Tesoura.

27-O que é que tem mão fora do corpo e a boca na barriga?
-Pilão.

28 - Onde é que Deus bota sempre as mãos?
- Nos braços.

29- Quando Deus fez o mundo e deu às criaturas, onde lhes colocou as mãos?
-Nos pulsos.

30- Quando a mulher se deita, onde é que ela fica com as mãos?
-Nas munhecas (nos pulsos). Variante:

31 - Quando uma moça se deita, onde ela dorme com as mãos?
-Nos braços.

32-O que é que se movimenta usando as mãos e não os pés?
-Baralho.

33-O que é que tem cabeça, tem pé, tem braços, mas não tem mãos?
-A cruz.

34-O que é que se planta com as mãos e colhe-se com os olhos?
-A carta.

35-O que é que é? Uma belajanela que se abre e fecha sem que ninguém coloque a mão nela.
-O olho.

36 - Qual a fruta que tem mão?
-Limão.
37-O que é que voando de mão em mão, sobre golpes bem batidos, obriga a saltos repetidos a quem lhe der a mão?
-Peteca.

38 - Qual a fruta, que sem a mão, diz que já leu?
-Limão (li).

39-O que disse a buzina para a mão?
-Não me aperte que eu grito.

As adivinhas que seguem foram formuladas em engenhosas quadras. Note como são interessantes! Foram retiradas do arquivo de José Sant'anna (1937-1999), em 1993.

40- Fininha como cabelo,
Brilhante como uma espada, Brinca na mão da mocinha, Mas pelo pé amarrada.
-Agulha.

41- Uns me juntam, outros me partem,
Passando de mão em mão, Entre caneca e caneca Sou a grande distração.
-Bebida alcoólica.

42- Mais de vinte senhoritas
São mudas quando isoladas, Mas dizem todas as coisas Se acaso estão de mãos dadas.
-As letras do alfabeto.

43- A resposta é verdadeira,
Mas parece sem razão: O que enche uma casa, Nas não enche uma mão?
-Botão.

44- Enche uma casa todinha,
Mas não enche uma mão; Amarrado na cacunda Entra e sai sem ter portão.
-Botão de camisa (blusa, calça, etc).

45-Tem pescoço, não tem cabeça, Tem braços e não tem mãos, Tem corpo e não tem pernas, Tem peito, não tem coração.
-Camisa.

46- Sou cortês, atencioso,
Sujeito muito decente, Vou ao salão, ao palácio, Pela mão de muita gente.
-Chapéu.

47-Tem olhos, não tem pernas,
Mata gente, não tem mãos; Bota ovos, não tem pernas, Tem roupa sem confecção.
-Cobra.

48- Tem braço e não tem mão,
Tem perna e não tem pé, Tem pescoço, não tem cabeça, Mas é símbolo de fé
-Cruz.

49-Tem pés, tem mãos e tem olhos
Orelhas, boca também; Não anda, não vê, não ouve E nem fala com ninguém.
-Estátua.

50- Nasci em terras queimadas
Meu próprio nome é o chão, Tenho vinte e cinco dedos Na metade de uma mão.
-Meia-mão de milho.

51- Quando Deus criou o mundo,
De barro foi feito Adão; Agora vem a pergunta: Onde Deus lhe pôs as mãos?
-Nos braços.

52- Como planta que é, tem tronco
E de grande comprimento; Vive embora sem ter mãos, Batendo palmas ao vento.
-Palmeira.

53- Um trem em velocidade
Segue sua direção, Quem pode parar o trem Com apenas uma mão?
-O maquinista.

54- Pendurado na parede,
Utilíssimo tu és,
Pois dás sem teres as mãos
E anda sem teres os pés.
-Relógio.

55- Venho nas ondas do mar,
Nascido na fresquidão, Não sou água e nem peixe, Mas sou tempero na mão.
-Sal.

56- Cinqüenta e cinco soldados
Todos cabem numa mão, Os cinqüenta pedem ave, Mas os cinco pedem pão.
-Terço de oração.

57- Qual será a resposta
Que o decifrador dará: Cinco dedos numa mão, Mas carne e osso não há.
-Luva.

58- Posso dar-lhe a resposta
E não erro, meus irmãos, Nenhum macaco tem pés, Este animal só tem mãos.
-Há um engano, pois macaco não é quadrúmano (quem tem
quatro mãos).

59- Quem viaja se prepara,
Para não ficar na mão, Mas o que é necessário Pra se entrar num avião?
-Estar fora dele.

60- Onde de mãozinhas postas,
Parece religioso,
Com aspecto de santinho
E inseto perigoso.
-Louva-a-deus.

É lógico que as quadras-adivinhas não são raras, haja vista o volume de exemplos apresentados. Entretanto, são menos comuns que a outra modalidade. No universo dos nossos levantamentos, o volume das adivinhas simples é praticamente o dobro da outra tipologia.

 

 

52ª Edição
   
Menu - 51º Fefol
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
 

       
 
 
 
 
Festival do Folclore
 
  OlímpiaWeb - Clique e Conheça